segunda-feira, 18 de maio de 2015

Friale decreta fim das chuvas intensas e prevê frio abaixo de 10 graus




Davi Friale
A chegada de uma leve frente fria no Acre é o prenúncio de que as chuvas mais intensas darão uma trégua, informou nesta segunda-feira, o pesquisador meteorológico Davi Friale.

Segundo Friale, especialmente a partir do mês de junho, ocorrerão frios intensos no Acre com temperatura abaixo de 10 graus com sensação térmica de zero. A ocorrência de chuvas será isolada.
“Daqui pra frente o tempo será mais seco, as temperaturas mais agradáveis, até que chegue uma frente fria mais intensa. As últimas chuvas mais intensas ocorreram no último sábado. Agora serão chuvas isoladas. A chegada da frente fria com acompanhada de uma massa de ar polar fará com que a temperatura caia bruscamente em junho e mais precisamente em julho. Esses frios vão ficar abaixo de 10 graus com sensação de zero graus”.
Friale lembra que o resfriamento global é o grande responsável pela queda da temperatura. Ele vai mais além. O pesquisador alerta que nos próximos 20 anos, o Acre irá sofrer com frios intensos que chegarão a zero graus com sensação de 10 graus negativos. “Aqui a água vai congelar”, afirma.
“Nos próximos 20 anos devido a baixa atividade solar e a perda da energia dos oceanos vão fazer com que tenhamos frios mais intensos. Mas isso não quer dizer que seja todo ano. Aqui no Acre teremos temperatura real em torno de zero grau com sensação de dez graus negativos. E isso não é novidade no Acre. Todas as pessoas que tem mais de 80 anos e moram aqui e moravam aqui lembram disso, quando a água congelava. Eu não estou afirmado que vai dar zero grau esse ano. Mas estou afirmando que nos próximos anos sim teremos frio que para a água congelar”, conclui.
Fonte: Ac24horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário