sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Do Ceará para o Acre




De volta para o Acre na década de 80, a família Narcisio retorna para trabalhar na Borracha no alto Rio Purus, Seringal Mamuriá, na época em que  a borracha era a principal atividade econômica da amazônia, na foto acima faltando o filho mais velho da família Gerson Narcisio, que se encontrava no Rio de Janeiro fazendo Mestrado em Direito.

Um comentário:

  1. EU NAO ACREDITO! MEU PAI QUANDO ERA PEQUENO.
    ENTAO O SENHOR E MEU TIO, OLHA LA MEU AVO NOVO...AVO SOCORRO!

    ResponderExcluir