segunda-feira, 3 de junho de 2013

G-7: mais um envolvido é internado alegando problemas de saúde

A Polícia Federal acusa Salomão e os outros envolvidos fraudar licitações no Acre, formação de cartel, de quadrilha e peculato.
Da Redação da Agência ContilNet

João Salomão foi presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac)
Mais um preso da Operação G-7 apresentou problemas de saúde e foi internado às pressas no Hospital das Clínicas de Rio Branco. Desta vez, o empresário João Francisco Salomão alegou estar sofrendo problemas na coluna vertebral e crise hipertensiva.


Funcionários que estavam no HC na manhã deste sábado disseram que não poderiam dar mais informações sobre o paciente. “A ordem aqui é não falar nada. Só quem pode dar informações é o superintendente”, disse uma servidora.


João Salomão é ex-presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac). Ele foi preso no dia 10 de maio, durante uma operação da Polícia Federal juntamente com mais 14 empresários e assessores do governo estadual.

A Polícia Federal acusa Salomão e os outros envolvidos de fraude em licitações no Acre, formação de cartel, formação de quadrilha e peculato.

O diretor geral do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Gildo César e o secretário de Obras do governo estadual, Wolvenar Camargo, também já foram internados alegando problemas de saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário