quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Em 2013, acreanos podem enfrentar a pior enchente da história nos últimos 40 anos


As populações ribeirinhas que residem às margens dos rios que cortam o Estado do Acre podem enfrentar logo no início de 2013, a pior enchente já registrada na história dos últimos 40 anos. As projeções são dos relatórios da Defesa Civil Estadual, que realiza diariamente o monitoramento dos rios que banham os municípios acrianos.
Segundo o relatório, o nível de água normal para a época do ano, no mês de novembro, em Rio Branco, seria que o Rio Acre estivesse marcando em sua calha mais profunda apenas 5,05m, quando na manhã desta quarta feira,28, o manancial apresenta profundidade de 9,46m, mais de 4m acima da marca registrada de 1971 a 2011.
A previsão, é que nas próximas 24 horas, o nível de água do Rio Acre alcance a marca dos 10m, na capital, já que o seu principal afluente, Riozinho do Rôla ainda recebe muita água em suas cabeceiras.
Confira o levantamento no relatório da Defesa Civil no Estado, sobre a oscilação do rio Acre de 1971 até 2011, e qual volume foi registrado mês a mês no período:

Nenhum comentário:

Postar um comentário