terça-feira, 13 de março de 2012

Operação Maltha II

Prefeito de Marechal Thaumaturgo é preso pela Polícia Federal

Na manhã do domingo, 11, a Polícia Federal prendeu em flagrante Randson Oliveira Almeida, prefeito de Marechal Thaumaturgo, e seu primo M. O., proprietário da Construtora Rio Amônia Ltda.

A prisão, pelo crime permanente de ocultação de bens, é resultado de desdobramentos da Operação Maltha, cujas investigações foram iniciadas em setembro de 2011.

Entre os bens envolvidos no esquema criminoso está a própria casa de Randson em Cruzeiro do Sul, avaliada em quase R$ 1 milhão com as reformas iniciadas logo após sua eleição em 2008 e ao longo do seu mandato.

RANDSON Oliveira foi preso pelo crime de ocultação de bens
Embora a residência tenha sido nominalmente passada para a Construtora Rio Amônia, de seu primo, no final de agosto de 2011, Randson continua sendo o real proprietário do imóvel. Ele teria colocado o imóvel em nome da construtora apenas para ocultar o bem e tentar evitar o perdimento em razão das fiscalizações que o município estava sofrendo.

Menos de dois meses depois da “transferência”, Randson foi afastado da prefeitura de Marechal Thaumaturgo em razão de Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Estadual do Acre por crimes contra a administração pública.

Pesa ainda contra o prefeito denúncia do Ministério Público Federal, derivada do Inquérito Policial 100/2011-DPF/CZS/AC, por desvio de verbas do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) em valores superiores a R$ 3 três milhões em avaliação do Tribunal de Contas Estadual do Acre.

Os dois foram conduzidos de Marechal Thaumaturgo para Cruzeiro do Sul, onde ficarão à disposição da Justiça.

Assessoria PF-AC

Nenhum comentário:

Postar um comentário