sexta-feira, 2 de março de 2012

Governo e prefeitura iniciam Operação Volta Para Casa

Um verdadeiro exército da limpeza, com 500 homens, 280 equipamentos e 30 equipes, compõe a Operação Volta Para Casa, lançada na manhã desta sexta-feira, 2, pelo governador Tião Viana e o prefeito Raimundo Angelim em frente ao Palácio Rio Branco. A operação, que conta com o apoio do Exército Brasileiro, Federação das Indústrias do Acre e Sindicato da Construção Civil, trabalhará na recuperação de 32 bairros atingidos pela enchente.
“Esse momento é de luta em favor dos mais humildes e necessitados. É uma grata satisfação saudar as equipes de trabalhadores que abraçam essa missão", disse o governador Tião Viana (Sérgio Vale/Secom)
“Este momento é de luta em favor dos mais humildes e necessitados. É uma grata satisfação saudar as equipes de trabalhadores que abraçam esta missão", disse o governador Tião Viana (Sérgio Vale/Secom)



















Com o slogan "Prefeitura e Governo Recuperando Rio Branco", o ato, que contou com a presença das 30 equipes de trabalhadores, foi aberto com a participação do senador Jorge Viana, deputado federal Sibá Machado, do general Poty, representante do Exército Brasileiro, do deputado estadual Walter Prado, do presidente do Tribunal de Contas do Estado, Ronald Polanco, da chefe do Gabinete Civil, Márcia Regina Pereira, secretários municipais e estaduais, além de empresários.
Cada uma das equipes de limpeza contará com uma pá-carregadeira, uma retroescavadeira, quatro caçambas e uma equipe de pessoas que ajudarão no recolhimento do lixo, na limpeza, na desobstrução das bocas-de-lobo e na drenagem. A operação, que envolve diretamente órgãos como a Semsur, Depasa, Emurb, Sesacre e Secretaria Municipal de Saúde, está prevista para ser executada durante todo o mês de março.
Trabalhadores e sociedade mobilizados para a limpeza da cidade de Rio Branco
Marcus Alexandre, que coordena a operação de limpeza, juntamente com o prefeito Raimundo Angelim e o governador Tião Viana, explicou sobre essa nova etapa de trabalho que envolve a mobilização da sociedade e comunidades com a limpeza da cidade de Rio Branco.
Um verdadeiro exército da limpeza com 500 homens, 280 equipamentos e 30 equipes compõem a Operação volta para casa, lançada na manhã desta sexta-feira, 2 (Sérgio Vale/Secom)
Um verdadeiro exército da limpeza, com 500 homens, 280 equipamentos e 30 equipes, compõe a Operação Volta Para Casa, lançada na manhã desta sexta-feira, 2 (Sérgio Vale/Secom)
“Pedimos o esforço e dedicação das trinta equipes que estamos montando para a limpeza dos 32 bairros. Há dois dias começamos o trabalho com as equipes que já tinhamos, trabalhando em dez bairros. Iremos começar o trabalho priorizando os corredores de ônibus e os equipamentos públicos, como as creches, escolas e postos de saúde, para que no tempo mais curto nossa cidade volte à normalidade”, disse Marcus Alexandre. Ele aproveitou para pedir às equipes que tenham sensibilidade no trato com as famílias. “Esse momento é de dedicação às famílias que estão retornando dos abrigos, de solidariedade, em que todos nós precisamos estar cada vez mais unidos. Esse é o desafio que todos temos que assumir aqui hoje”, finalizou, pedindo um minuto de palmas em homenagem ao jovem Alan Felipe, morto acidentalmente, há uma semana, numa frente de ajuda aos desabrigados.
O prefeito Raimundo Angelim falou da importante responsabilidade dos trabalhadores com a operação de limpeza. “Esse exército está pronto para uma missão muito importante na cidade de Rio Branco. O governador Tião Viana e eu não administramos, nós cuidamos do Acre e da cidade de Rio Branco. Quem cuida tem zelo, carinho e amor por aquilo que faz. Vocês não irão apenas limpar os bairros, e sim cuidar como se fosse a sua casa. São pessoas que estão fragilizadas e merecem nosso respeito e carinho. Além do trabalho pesado, vocês terão que ter muita paciência e respeito com essas pessoas. Esse trabalho depende de cada um de vocês. Assumam essa missão com muita dedicação, para nos orgulharmos do trabalho que irão fazer”, disse.
Com o slogan Prefeitura e governo recuperando Rio Branco, a operação de limpeza da cidade será executada durante todo o mês de março (Sérgio Vale/Secom)
Com o slogan "Prefeitura e Governo Recuperando Rio Branco", a operação de limpeza da cidade será executada durante todo o mês de março (Sérgio Vale/Secom)
Tião Viana saudou os trabalhadores afirmando sua satisfação em iniciar mais uma das tantas ações de ajuda aos desabrigados empreendidas pelos governos federal, estadual e municipal, além de várias instituições.
“Esse momento é de luta em favor dos mais humildes e necessitados. É uma grata satisfação saudar as equipes de trabalhadores que abraçam essa missão. Estar ao lado do prefeito Angelim, que dirige esse movimento de socorro às vitimas da alagação, com apoio do governo do Estado, Exército Brasileiro, da Força Aérea Brasileira, é gratificante. Fora a ajuda da presidente Dilma, que enviou nove ministérios para o Acre. Temos aqui um verdadeiro exército da solidariedade. Muitos que estão aqui como trabalhadores conhecem alguém ou são vítimas da alagação, mas estão aqui para trabalhar pelos outros”, disse o governador, num gesto de solidariedade aos trabalhadores. “Nós estamos juntos nessa caminhada porque o desafio é grande. O que fica depois que a água passa é algo assustador. São vocês que irão presenciar a volta das pessoas para suas casas, elas precisam de todos nós. Das mãos calejadas que irão tirar o entulho, desinfetar e reorientá-los para as condições mínimas de volta para suas casas. Quando estiverem trabalhando tenham orgulho da função que estão assumindo. O trabalho vence tudo, demonstra solidariedade e traz dignidade. Nós estamos aqui em respeito a vocês. Em 30 dias vocês irão mudar a história de várias vidas e de nossa cidade.”
Cada uma das equipes de limpeza contará com uma pá regadeira, uma retroescavadeira, quatro caçambas, e uma equipe de pessoas que ajudarão no recolhimento do lixo, na limpeza, na desobstrução das bocas de lobo e na drenagem (Sérgio Vale/Secom)
Cada uma das equipes de limpeza contará com uma pá-carregadeira, uma retroescavadeira, quatro caçambas e uma equipe de pessoas que ajudarão no recolhimento do lixo, na limpeza, na desobstrução das bocas-de-lobo e na drenagem (Sérgio Vale/Secom)
O senador Jorge Viana, em sua mensagem aos trabalhadores, falou da importância de todos estarem unidos na missão de ajuda aos desabrigados. “Cada um de nós tem um conhecido, um amigo ou um parente atingido pela enchente. Alguns perderam tudo. Falo do fundo do coração: é importante darmos as mãos e reconhecermos o trabalho do prefeito Raimundo Angelim e do governador Tião Viana, que coordenam essa missão. Mas tudo não poderia ser feito se não tivesse o envolvimento de todos vocês, equipes de governos, empresários e tantos outros voluntários. A maior ajuda é a de vocês, de recuperar a nossa cidade de Rio Branco. Não será fácil, mas iremos juntos nessa missão, unidos com o governador e o prefeito. Fico feliz de ver o olhar de vocês de carinho por esse trabalho de recuperar o brilho de nossa cidade.”
Exército Brasileiro: “Braço Forte e Mão Amiga” - Parceiro importante nas ações de ajuda aos desabrigados, o slogan do Exército Brasileiro foi lembrado pelo general Poty: “Braço Forte e a Mão Amiga”. “O braço forte para defender as nossas fronteiras e garantir a soberania do nosso país, e a mão deve estar sempre estendida à nossa população em momentos de crise, de dificuldades. Nós fizemos isso durante quase vinte dias, com a participação de militares de várias de nossas brigadas, que se somaram ao governo estadual e municipal. Sentimos a sensação do dever cumprido, contem sempre com nossa ajuda”, disse o general.
Após o lançamento, as equipes seguiram em operação para os bairros Seis de Agosto, Cadeia Velha, Aeroporto Velho, Ayrton Senna, João Eduardo, Palheiral, Morada do Sol e Adalberto Aragão.
Fonte: Governo do Acre

Nenhum comentário:

Postar um comentário