sábado, 11 de fevereiro de 2012

TCE condena ex-prefeito de Santa Rosa do Purus

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) condenaram na manhã de ontem o ex-prefeito de Santa Rosa do Purus, José Altamir Thaumaturgo de Sá, o Tamir, a devolver R$ 392 mil e a pagar uma multa de R$ 39,2 mil. O motivo da condenação e a falta de comprovação, por meio de extratos, do dinheiro que deveria estar no caixa da prefeitura.

No mesmo processo, o gestor ainda teria deixado de investir os 60% dos valores do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb) nos salários dos professores, garantindo apenas 47,9%. Ele ainda não apresentou o balanço financeiro do município e não cobrou o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Com tantas irregularidades, Tamir provocou a reprovação das contas da prefeitura. Os conselheiros ofereceram oportunidade para que o político pudesse se defender, mas ele preferiu não se manifestar.

Pior índice

Nesta semana, a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) publicou o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) do Brasil mostrando que Santa Rosa do Purus tem uma das piores notas, chegando a 0,4059. Os dados foram divulgados com o objetivo de verificar as gestões das prefeituras. (Freud Antunes)


Fonte Jornal a tribuna

Nenhum comentário:

Postar um comentário