domingo, 29 de janeiro de 2012

Grande sucuri é fotografada próximo a uma ponte no Rio Moa

Houve aglomeração de dezenas de pessoas sobre a ponte e a cobra foi se afastando.
A sucuri foi vista na região do Juruá/Foto: Denis Cristiano

A sucuri foi vista na região do Juruá/Foto: Denis Cristiano
A imensa sucuri foi encontrada perto da ponte sobre o Rio Moa, entre os municípios acreanos de Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima, na região mais ocidental do país, por volta das 16h30 desta sexta-feira (27).
- Ela poderia ter permanecido mais tempo, mas as pessoas ficam meio histéricas quando veem cobra. Houve aglomeração de dezenas de pessoas sobre a ponte e a cobra foi se afastando. Outra pessoa, que chegou antes, viu e fotografou a sucuri ainda na lama, na beira do rio - relatou Denis Cristiano, autor da foto.

Blog do Altino


Governador homenageia 90 personalidades

O governador Tião Viana condecorou, com a mais alta honraria do Estado, 90 pessoas na noite de quarta-feira, 25, em cerimônia no Palácio Rio Branco (Sérgio Vale/Secom)
O governador Tião Viana condecorou, com a mais alta honraria do Estado, 90 pessoas na noite de quarta-feira, 25, em cerimônia no Palácio Rio Branco (Sérgio Vale/Secom)

A outorga da Ordem da Estrela foi criada em 1972. É a mais alta condecoração promovida pelo Chefe do Poder Executivo do Acre, concedida a pessoas físicas ou jurídicas que, por serviços ao Estado, ou mérito excepcional, tornem-se dignas do reconhecimento do povo acreano.
A chefe do gabinete civil, Márcia Regina, lembrou o significado da cor da estrela que se destaca na bandeira acreana. “O Acre é o lugar de um povo obstinado, lutador. Nossa estrela não é da mesma cor de outras que repousam plácidas em bandeiras que não são a nossa. Mas é vermelha, não só pelo sangue dos que morreram lutando em nossa revolução. Mas também pela paixão que cada um tem por esta terra”, disse.

Entre os laureados estavam empresários, líderes religiosos, médicos e outras personalidades, acreanas ou não (Sérgio Vale/Secom)

O ministro Carlos Alfredo Lazary Teixeira, embaixador do Brasil no Peru, foi condecorado com o grau Grã-Cruz. Ele fez questão de chegar ao Estado pela Estrada do Pacífico, que garante a integração rodoviária entre os dois países, para reafirmar a importância da rodovia. “Não encaro esta comenda como uma homenagem aos serviços prestados, mas como um desafio, um sentimento de dever a ser cumprido, uma missão a ser desempenhada. Eu espero contribuir muito com o estado e trabalhar por esta integração entre o Brasil e o Peru. Agora há uma porta aberta entre os dois países e esta porta é o Acre”, disse o embaixador.
O governador Tião Viana comentou algumas reações que os condecorados tiveram ao saber da homenagem e disse o quanto é importante reconhecer o esforço, a dedicação e o trabalho de cada um que contribuiu com a sociedade acreana. “De que adianta imaginar que a democracia é uma instituição forte se não temos um povo forte? Não há separação nessa relação, nem pode haver. Não se separa instituição da sociedade. Foi esse o sentimento do governo ao homenagear essas pessoas, todas com uma história ligada ao Acre, de esforço, de dedicação, carinho e luta pelo nosso povo”, disse o governador.
Entre os homenageados estava o pajé João Pereira da Silva, mais conhecido como Tatá Txanu (Sérgio Vale/Secom)

Muitos médicos foram homenageados. O professor doutor Fábio Jatene foi um deles. “Eu considero o Acre minha segunda casa e tenho uma admiração grande pelo povo acreano. Meu pai nasceu em Xapuri e minha avó ficou viúva aos 28 anos, com quatro filhos pequenos. E ela sempre me contava histórias de como as pessoas a acolheram e ajudaram nesta caminhada”, revelou.
A diretora do Instituto de Cardiologia do Distrito Federal, Núbia Welerson Vieira, esteve no Acre pela primeira vez para receber a condecoração, mas já se dedica aos acreanos há algum tempo. “Nós recebemos crianças com problemas cardíacos e tratamos, fazemos as cirurgias necessárias. Eu não conhecia o Acre, mas conhecia vários acreaninhos. E o meu prazer maior não foi conhecer este lugar, mas conhecer o trabalho que fazem aqui, principalmente na área da saúde”, comentou.
Líderes religiosos, católicos e evangélicos, também foram condecorados. O pastor Afif Arão, da Igreja Renovada, foi um dos laureados. Ele dedicou a honraria “à esposa, aos filhos, a todos aos que sirvo e aos acreanos, humildes, lutadores. O homem não pode ter coisa alguma se não for dado por Deus. Então agradeço esta homenagem principalmente a Ele”, disse.


Giro Geral



Chico Anysio melhora da febre; estado ainda é grave.

FAMOSIDADES
SÃO PAULO - Boa notícia! Chico Anysio melhorou do quadro de febre, de acordo com o boletim médico do Hospital Samaritano do Rio de Janeiro divulgado na manhã deste sábado (28).
“O paciente continua fazendo diálise em algumas horas do dia, permanece sedado e respira com ajuda de aparelhos”, informou o comunicado. A causa da febre do humorista não foi divulgada.
Sem previsão de alta e com estado clínico grave e que inspira cuidados, Chico Anysio está internado desde o dia 22 de dezembro de 2011.

Rita Lee é detida em Sergipe após show

FAMOSIDADES
SÃO PAULO - Rita Lee não tem papas na língua mesmo. E o pior é que esse jeitão lhe causou problemas na madrugada deste domingo (29). A cantora se apresentou no Festival Verão Sergipe.
Momentos após seu show de despedida em Sergipe, a cantora começou a narrar que foi detida pela Polícia Militar do local por ter reclamado durante o show: “Polícia dando trabalho para mim, quer me prender, embasamento legal não há. Não retiro uma palavra do que disse. O show era meu!”.
Além disso, Rita Lee se dirigiu aos advogados: “Alô twittlawyers, a polícia abusiva e abusada. Não sou obrigada a fazer o que me pedem: ir à delegacia agora ou amanhã, às 9 horas”.
“Estou indo para a delegacia. A polícia de Aracaju não gosta de mim, mas Sergipe gosta. Estou dentro do carro”, contou ela.
Após três horas de seu último post no microblog, Rita Lee revelou que tinha sido liberada pela polícia com a ajuda da vereadora Heloísa Helena: “Solta graças à vereadora Heloísa Helena, que estava na plateia e prestou idêntica versão”.
Confira, na íntegra, o discurso de Rita Lee durante o show: "Eu tenho direito de falar, esse chão é meu, esse chão é minha despedida do palco. Não tem que agredir, seus cachorros. Coitado dos cachorros, cafajestes. Vocês estão fazendo de propósito. Eu sou do tempo da ditadura. Vocês pensam que eu tenho medo, porra? Eu sou mulher, tive três filhos, tenho marido. 67 anos. O que vocês vão fazer? É isso que vocês querem? Chamar atenção? É horrível, eu tenho paranoia desse tipo de coisa. Por quê? Eu queria saber. Cadê por escrito que vocês têm que fazer isso? Cavalaria aqui não. Não vou esperar, esse show é meu. As pessoas estão esperando eu cantar, não vocês. Seus filhos da puta, agora vem me prender! Por causa de um baseadinho, é isso? Cadê o baseadinho para eu fumar aqui agora?".

Apresentadores em novela

FAMOSIDADES


RIO DE JANEIRO - A maioria dos apresentadores da TV brasileira tem um lado ator. Não satisfeitos em comandar a festa no palco de suas atrações, eles começam fazendo uma ceninha em um quadro, fazem uma brincadeira no programa de um amigo ou então brincam de ser outra pessoa nos cinemas. Vira e mexe, os autores de novelas convidam essas estrelas para gravarem uma participação especial ou até mesmo ganhar um papel fixo em suas produções visando o filão de seguidores que eles possuem. O Famosidades montou uma lista com os apresentadores que deram as caras em um folhetim.


uiza, que voltou do Canadá, lucra com presença vip e publicidade

FAMOSIDADES

RIO DE JANEIRO - A celebridade mais comentada na web dos últimos tempos voltou do Canadá, mas está lucrando como se estivesse no exterior. Isso porque, segundo o jornal “O Globo”, Luiza, está cobrando R$ 15 mil de cachê para ficar cerca de duas horas em eventos.
E não para por ai. Depois de pedir este valor para comparecer em uma festa em um hotel de luxo de São Paulo na última quarta-feira (25), a garota se prepara para gravar um comercial ao lado de Fernanda Lima na próxima semana.
Quem está comemorando a fase é o pai de Luiza, Geraldo Rabello, o criador do famoso bordão “Menos a Luiza, que está no Canadá”. “Estamos surfando nesta onda que surgiu por acaso”, disse.
Apesar do interesse da revista “Playboy” em tirar a roupa de Luiza, o pai da menina vetou o ensaio, mesmo porque ela ainda é menor de idade. A jovem só completa 18 anos no início de fevereiro. “Somos equilibrados, não precisamos dessas coisas”, garantiu

Nenhum comentário:

Postar um comentário