sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Vacina para o câncer entra em último estágio de testes em Israel

Se for aprovado, medicamento será encaminhando para órgãos reguladores de vários países. A previsão é de que seja comercializado em até 6 anos.


Pesquisadores do Centro Médico da Universidade de Hadassah, em Jerusalém, Israel, elevaram a vacina para o câncer ao estágio III. Conforme notícia publicada esta semana no PCWorld, caso o medicamento passe dessa fase de testes para comprovar sua eficiência, necessitaria apenas da aprovação de órgãos reguladores dos países que pretendem comercializá-lo.
Chamada de ImMucin, a vacina é desenvolvida pela Vaxil Bio Therapeutics, laboratório especializado em produtos científicos em fase de testes, que ainda não estão prontos para uso. O medicamento é um derivado sintético da proteína MUC1 e sua ação consiste em fortalecer o sistema imunológico, de forma que ele consiga combater as células cancerígenas.
Ao receber a vacina, o paciente tem seu sistema de defesa estimulado. Assim, ele se torna capaz de encontrar as células problemáticas, algo que se torna impossível para um paciente com câncer, pois, no caso dessa doença, o problema se encontra dentro das próprias células do corpo.
Durante a terceira fase de testes, a ImMucin será usada em centenas de pacientes. Caso sua eficiência seja comprovada, ela será enviada para órgãos de outros países responsáveis pela regulamentação de medicamentes, como a Anvisa no Brasil. Sendo aprovado e chegando ao mercado, ainda restam dois estágios de verificação para que a vacina possa ser usada em larga escala.




Nenhum comentário:

Postar um comentário