segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Ministra afirma que Saúde terá novo imposto


A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salavatti (PT), afirmou em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, que será instituído um novo imposto para suprir os gastos do país com a saúde. Esse novo encargo ainda não tem previsão para começar a ser cobrado.
Essa declaração surpreende, já que há cinco dias atrás a Câmara dos Deputados aprovou a Emenda 29, que define o gastos com a saúde para a União, os estados e municípios. Segundo a Ministra, esse dispositivo ainda não é o suficiente, porque não aponta de onde virão os investimentos.
O novo imposto não deve ser implantado esse ano, devido a situação econômica atual. Segundo Ideli, só será criado após “discussão de caráter federativo” e “em consonância com o Congresso”.
A Ministra foi questionada se a criação de um imposto em ano eleitoral (2012) não seria complicada, ao que ela concordou. Mas também afirmou que é de comum acordo que a saúde será o foco de discussão das próximas eleições.



MPE aciona ex-prefeito de Tarauacá


O ex-prefeito de Tarauacá Erisvando Torquato foi acionado no último dia 15 pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPE) por ato de improbidade administrativa. As promotoras de justiça Eliane Kinoshita e Nicole Arnoldi apuraram que Torquato de maneira dolosa deixou de atender reiteradas requisições da Câmara Municipal.

Entre os anos de 2007 e 2008, na condição de prefeito, Torquato deixou de atender sem justo motivo inúmeras solicitações de informações e documentos da Câmara Municipal de Tarauacá, feitas a tempo e em forma regular.

Por meio de Ação Civil Pública, as promotoras concluíram que a omissão do agente público deixando de prestar contas ao Poder Legislativo Municipal, órgão constitucionalmente encarregado de fiscalizar o Poder Executivo, praticou ato de improbidade administrativa que atentou contra os princípios da administração pública.
MPE aciona ex-prefeito de Tarauacá
A ação visa à condenação do requerido às sanções previstas no artigo 12, inciso  III, da Lei nº 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa) com a suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil até cem vezes o valor da remuneração percebida pelo agente, proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios.




Flamengo vence de virada


O Flamengo venceu na noite deste Sabado a equipe do América Mineiro e depois de dez rodadas voltou a vencer com brilho de Thiago Neves que marcou o segundo gol.
Deivid - Flamengo (Crédito: Alexandre Loureiro/VIPCOMM)

O jogo começou com o Flamengo indo com tudo para buscar o gol. O América se contentava em esperar o Flamengo e tentar saídas nos contra-ataques, criando oportunidades principalmente nos chutes de fora da área. Kempes aos 18 minutos obrigou Filipe a grande defesa. O Flamengo explorava prncipalmente a dobradinhas entre Renato Abreu e Junior César pela esquerda, Thiago Neves e Leo Moura pela direita, buscando as jogadas de linha de fundo, mas sempre bem marcadas pelo América Mineiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário