sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Acusado de matar Paulo se entrega e nega ter cometido o crime

Hermilton Marcos dos Santos, acusado de matar com uma peixerada no último domingo por volta das 23 horas a vítima Paulo Lima da Silva, ambos residentes no Rio Purus no Seringal Descanso Estado do Amazonas, próximo a Sena Madureira. O acusado se apresentou ao delegado Antonio Alceste ontem (3) por volta das 16 horas, e negou perante a autoridade policial e a imprensa ter cometido o crime, afirmou que estava bebendo realmente na companhia da vítima e discutiram, em seguida travaram luta corporal e caíram no chão, foi quando a lamparina apagou e seu amigo identificado por Zé Maria desferiu a furada na perna da vítima que morreu minutos depois.
delegado_anceste_postagem_2.jpg
 Esta foi a versão do acusado ao delegado, ele afirmou várias vezes que quem matou Paulo foi o Zé Maria, em seguida os dois saíram do local, ele se escondeu na mata com medo, e só se apresentou a polícia na quarta feira. O motivo da morte foi em decorrência de cinco buchudinhas de cachaça.
delegado_anceste_postagem.jpg
O delegado Antonio Alceste está apurando o crime e deverá ouvir Zé Maria, citado pelo acusado Hermilton, que foi indiciado e irá responder processo.
Fonte: SenaOnline


ESPORTE NA ZONA RURAL, PRIORIDADE DO GOVERNO JOSÉ BRASIL

O Prefeito José Brasil se deslocou de seu Gabinete junto com uma equipe de jogadadores da modalidade de futebol de campo de MASTER para participar de um torneio que será realizado no Seringal Balbino - Rio Purus, distância de Santa Rosa de 1,5 dia de barco nesta época de verão, o torneio contará com jogadores de Santa Rosa e de comunidades e aldeias mais proxima do local do evente.
Foto: Prefeito José Brasil, Esporte na Zona Rural
 é prioridade em meu governo




Prefeito José Brasil inagura reforma do CRAS - Centro de Referência em Assistência Social.

 Imagem do Prédio do Centro de Referencia e Asssitência Social
 Foto: A direita Prefeito José Brasil, no centro Primeira Dama, Odeiza Gomes Coelho
a esquerda Assessor de Gabinete, João Narcisio da Silva
 Foto: a esquerda, Prefeito, Antonio Flores Moura, Chefe de Setor
Galvão Diretor de Convênios e Planejamento e Ediseu Ribeiro Verissimo Secretário de Educação
 Foto:Parte da equipe de Funcionários que trabalham no CRAS
 Foto:  placa de inaguração



ASSISTÊNCIA SOCIAL - qual a função do CRAS?

Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)

 O QUE É

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é uma unidade pública da política de assistência social, de base municipal, integrante do SUAS, localizado em áreas com maiores índices de vulnerabilidade e risco social, destinado à prestação de serviços e programas socioassistenciais de proteção social básica às famílias e indivíduos, e à articulação destes serviços no seu território de abrangência, e uma atuação intersetorial na perspectiva de potencializar a proteção social.

Algumas ações da proteção social básica devem ser desenvolvidas necessariamente nos CRAS, como o Programa de Atenção Integral as Famílias (PAIF) outras, mesmo ocorrendo na área de abrangência desses centros, podem ser desenvolvidas fora de seu espaço físico, desde que a ele referenciadas.

 O CRAS também deve ser organizar a vigilância da exclusão social de sua área de abrangência, em conexão com outros territórios.

Programa de Atenção Integral à Família (PAIF)

O Programa de Atenção Integral à Família (PAIF) expressa um conjunto de ações relativas à acolhida, informação e orientação, inserção em serviços da assistência social, tais como socioeducativos e de convivência, encaminhamentos a outras políticas, promoção de acesso à renda e, especialmente, acompanhamento sociofamiliar.

 Objetivos do PAIF
• Contribuir para a prevenção e o enfrentamento de situações de vulnerabilidade e risco social;
• Fortalecer os vínculos familiares e comunitários;
• Promover aquisições sociais e materiais às famílias, com o objetivo de fortalecer o protagonismo e a autonomia das famílias e comunidades.

Público do PAIF/CRAS


População em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação ou ausência de renda, acesso precário ou nulo aos serviços públicos, com vínculos familiares, comunitários e de pertencimento fragilizados e vivenciam situações de discriminação etária, étnica, de gênero ou por deficiências, entre outros.

Equipe de Referência do CRAS
O CRAS é uma unidade sócioassistencial que possui uma equipe de trabalhadores da política de assistência social responsáveis pela implementação do PAIF, de serviços e projetos de proteção básica e pela gestão articulada no território de abrangência, sempre sob orientação do gestor municipal. Esse conjunto de trabalhadores é denominado ‘equipe de referência do CRAS’ e sua composição, regulamentada pela Norma Operacional Básica de Recursos Humanos do SUAS (NOB-RH/SUAS, depende do número de famílias referenciadas ao CRAS, conforme quadro a seguir:
Foto: Alunos do CRAS de Santa Rosa do Purus e a Psicológa no Centro da foto




Nenhum comentário:

Postar um comentário