quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Se não chover, Rio Branco poderá enfrentar racionamento de água

A profundidade do Rio Acre está em 1,58 metro, seis centímetros a menos do que em 2005, quando houve a pior seca da região.
No Acre, a falta de chuva baixou a um nível preocupante o volume de água do rio que abastece a capital do estado.
As bases das pontes sobre o Rio Acre, que normalmente ficam submersas, estão bem visíveis. Em alguns trechos, barcos maiores não podem navegar. O rio que abastece a capital, Rio Branco, encolheu. Uma imagem bem diferente de abril deste ano, quando, por causa das chuvas, o Rio Acre transbordou e desabrigou 1,5 mil pessoas em dez bairros da cidade.
Depois de quatro meses, o Rio Acre passa pela maior seca dos últimos 40 anos. Só para se ter uma ideia, em um dos trechos, se formou uma ilha e já é possível, inclusive, ficar no leito do Rio Acre, sem precisar se molhar.
Em abril deste ano o Rio Acre transbordou desabrigando 1,5 mil pessoas em dez bairros da Capital
A profundidade do Rio Acre está em 1,58 metro, seis centímetros a menos do que em 2005, quando houve a pior seca da região.
 
“Quanto tem ocupação irregular do solo, quando tem desmatamento da mata ciliar, quando tem atividades produtivas que não são adequadas à realidade ambiental, o rio sofre”, explica Écio Rodrigues, pesquisador da Ufac.
Se não chover, Rio Branco poderá enfrentar um racionamento de água. “Estamos recomendando à sociedade, convocando mesmo a população, para que economize água, porque a gente não sabe quando é que vamos retomar os níveis normais do rio”, alerta o secretário do Meio Ambiente Carlos Edegard de Deus.
A profundidade do Rio Acre está em 1,58 metro, seis centímetros

Fonte: Portal G1

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Mentira tem pernas curtas, afirma presidente da Câmara de Santa Rosa do Purus


Foto: No centro Presidente da Câmara Rosimar Lima do  P C do B, a Direita o Vereador Edimar Lopes Saldanha PT e a esquerda  a Vereadora Giovana do PMN

O presidente da Câmara do Município de Santa Rosa do Purus Rosimar Lima (PCdoB) enviou nota a redação do senaonline.net afirmando que todas as denúncias feitas pelo candidato derrotado nas últimas eleições municipais, são mentirosas

O presidente da Câmara do Município de Santa Rosa do Purus Rosimar Lima (PCdoB) enviou nota a redação do senaonline.net afirmando que todas as denúncias feitas pelo candidato derrotado nas últimas eleições municipais, são mentirosas e com fins eleitoreiros, confira anota na íntegra enviado a redação pela assessoria do vereador.
Em resposta a uma nota feita por Rivelino Mota publicada em um site de noticias, onde o mesmo afirma que alguns funcionários municipais procuram-me na câmara legislativa mais não foram recebidos, afirmo que essa informação não é verdadeira, considerando que vivemos em um município muito pequeno onde conhecemos uns aos outros e que, além disso, estou sempre de portas abertas para o recebimento da comunidade, ainda que não esteja na câmara legislativa sempre estou à disposição de nossa população.
Em relação a câmara de vereadores está fechada na noite de 11 de agosto de 2011 foi em decorrência de luto, perdemos um grande amigo e camarada Roberto Feitosa Nascimento Kaxinawá da qual também fez parte da nossa casa legislativa e que fez muito em vida para o crescimento e progresso deste município. Quanto a acusação de está aliado com o prefeito para dificultar possíveis denúncias contra sua administração não é válida essa informação, estamos sim de braços dados na tentativa de unir forças entre o poder executivo e legislativo, visando sempre nosso objetivo que é o bem - estar da comunidade.
No que diz respeito aos assalariados beneficiados do Convênio firmado entre Prefeitura/Estado 019/2011 é lastimável que seus salários estejam atrasados, mais afirmo que eu juntamente com o prefeito já estou tomando providencias cabíveis para a liberação do restante das parciais do referido convênio e para que sejam pagos todos os meses em atraso e para que seus futuros salários sejam pagos em dias.
Uma vez que esse convênio foi divido em 06 (seis) parcelas que deveriam ter entrado em conta a 1ª parcela em abril mais só foi liberado a 1ª em junho, tendo em vista que foram depositadas duas parciais e foram efetuados os pagamentos dos assalariados referentes a abril e maio e a prestação de contas referente a essas duas parciais já foram entregue para análise no Tribunal de Contas onde estamos aguardando somente seu parecer técnico para que sejam liberadas as parciais seguintes.
Considerando a oportunidade gostaria de dizer aos que tem pretensões políticas que tanto nos acusam digo-lhes, que é necessário que estejamos unidos em busca de melhores dias, e que ao invés de ficarem me acusando possam medir seus atos e mostrarem criticas construtivas, tendo como objetivo principal o desenvolvimento de nosso município e não pessoal. Continuo a disposição de nossa população.

Deixo-lhes um grande abraço,
Rosimar Lima de Oliveira PC do B
Presidente da Câmara Municipal de Santa Rosa do Purus

Fonte: Sena Oline

domingo, 28 de agosto de 2011

Plano Plurianual começa a ser discutido com sociedade civil do Acre

A equipe de governo do Estado iniciou ontem os debates entre Poder Público e sociedade civil sobre as prioridades e metas do Plano Plurianual (PPA). As discussões acontecerão em todas as regionais do Estado: Baixo Acre, Alto Acre, Juruá, Purus e Tarauacá-Envira. A primeira oficina aconteceu na Escola Armando Nogueira e envolveu a sociedade civil da região do Baixo Acre, que compreende os municípios de Acrelândia, Bujari, Capixaba, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco e Senador Guiomard.
Márcio Veríssimo, secretário de Planejamento do Estado (Seplan), explica que essa primeira oficina com os representantes do Baixo Acre é importante. Veríssimo lembra que antes desta oficina foi feita uma consulta pública que envolveu mais de 7.400 pessoas, nos 22 municípios. “Isso foi iniciado ainda no Plano de Governo e, já no início deste governo de Tião Viana tivemos uma conversa com todos os secretários para vermos quais eram as principais demandas. Os primeiros seis meses de Governo foram muito intensos, com muito trabalho e hoje temos fonte de recursos para grande parte desses investimentos que compõem as diretrizes do Governo que está dentro do PPA”, frisou o secretário de Planejamento.
Parte das diretrizes discutidas no Plano de Governo estão em execução com esses recursos, como exemplo o secretário Márcio Veríssimo destaca os programas: Ruas do Povo; programa de fortalecimento da área de produção e o do programa industrial.
O vice-governador César Messias participou dos debates na oficina realizada em Rio Branco e ressaltou que embora essas ações estejam sendo executadas, o governador Tião Viana quer algo maior.
“Nós queremos discutir não apenas o plano de governo de 2011, mas um plano de governo até 2015. O que está sendo debatido aqui com representantes de toda a região do Baixo Acre são as metas prioritárias. A participação da sociedade civil está sendo muito boa. As pessoas estão argumentando, apresentando propostas, querem melhorar metas”, destacou Cesar Messias.
Moradora do município do Bujari, Sônia Cabral disse que fez questão de deslocar-se de sua cidade até Rio Branco para ser uma voz ativa na oficina do PPA da regional do Baixo Acre.

 Fotos abaixo parte dos representantes do Poder Público e dá Sociedade Civil de Santa Rosa do Purus que foram participar dos debates sobre prioridades do PPA - Plano Plurianual de 2011/2015 com governantes do Vale do Purus, Santa Rosa do Purus, Manoel Urbano e Sena Madureira.
 Foto: João Narcisio e Professor Galvão

 Foto: Claúdio Ferreira e João Julio Brandão

Foto: Pastor José Ribamar
Francisco Oliveira Kaxinawá e Arnaldo Kaxinawá

 Foto: Luiz PInheiro (KOKÃO)
 Foto> Aluízio Lustarnaudes
Foto: Prefeito José Brasil
Foto: imagem da reunião no Centro Cultural de Sena Madureira

A ação de pavimentar uma rua vai muito além de colocar tijolos e garantir o acesso e o padrão estético de um bairro. Uma rua pavimentada significa bem mais que isso na vida de um povo. Representa uma tarde de cadeiras na calçada para observar as crianças jogando bola. Uma ambulância que pode fazer um resgate. Alunos que podem chegar e sair da escola sem sujar os pés de lama, mães que não precisam tratar os filhos doentes por causa da poeira.

Município Quantidade de Ruas

Acrelândia 64
Assis Brasil 59
Brasiléia 126
Bujari 78
Capixaba 22
Cruzeiro do Sul 43
Epitaciolândia 124
Feijó 72
Jordão 25
Mancio Lima 24
Manoel Urbano 46
Marechal Thaumaturgo 24
Plácio de Castro 30
Porto Acre 77
Porto Walter 18
Rio Branco 2.020
Rodrigues Alves 19
Santa Rosa do Purus 11
Senador Guiomard 95
Sena Madureira 62
Tarauacá 41
Xapuri 59

TOTAL 3139


22 municípios

658 quilômetros de ruas

2,4 mil ruas pavimentadas

4,2 mil empregos diretos

10 mil empregos indiretos

Fonte: Agencia de Noticia do Estado  do Acre

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Tremor de terra atinge a capital e vários municípios do Acre

O terremoto de 6,8 graus na escala Richter sentido no Acre teve seu epicentro em Pucalpa, capital de Ucayale, no Peru, a 210 quilômetros do Acre. Foi o que confirmou o doutor em física, Alejandro Toledo.

O abalo foi a 14O km de profundidade as 13: 46 horário do Acre e 12:46, horário de Pucallpa. O terremoto foi sentido em Lima, capital do Peru. Não há informações de danos materiais em Pucalpa, e nem vitimas.

O doutor Alejandro Fonseca não descarta a possibilidade novos abalos, o que é comum na ocorrência de um tremor dessa magnitude.

A população de Santa Rosa do Purus sentiu o abalo e comentão que foi muito muito forte o terremoto. Graças a Deus não houve vitimas.
A população de Santa Rosa do Purus em 2010 era de 4612 habitantes e a sua área é de 5 981 km² (0,7 hab./km²).
É limitada ao sul com o Peru, a leste com o município de Manoel Urbano e a oeste com o município de Feijó e faz fronteira com Perú.
O município, juntamente com os seus vizinhos, Manuel Urbano e Sena Madureira faz parte da Regional do Alto Purus. A presença do estado é tão reduzida, que os habitantes deste município se queixam de viver exilados. O ponto de entrada do Rio Purus no Brasil dá-se neste município.
A região é povoada por uma grande diversidade ao nível da fauna e da flora, existindo espécie. 

 Foto: Liz Pinheiro (Cocão), relata que o abalo foi muito forte, (tive medo! pensei que a terra iria se acabar).

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Mulheres indígenas são destaque na Conferência Municipal em Santa Rosa

Evento faz parte do processo de elaboração das políticas públicas para o gênero

A Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres do município de Santa Rosa do Purus, convocada pelo prefeito José Brasil, foi realizada no último sábado, 20, no Centro Cultural de Santa Rosa. Estiveram presentes o vice-prefeito, HilárioKaxinauá, a primeira-dama, Odeíza Gomes Coelho, a secretária municipal de Saúde, Irmã Percília de Oliveira, o presidente dos Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Francisco Cardoso, a pastora Zenaide Bento e as representantes da SEPMulheres, Joelda Pais e Maria das Dores Miranda.

Trabalhadoras rurais, donas de casa, domésticas, professoras, gestoras, todas unidas com um só propósito: melhorar a situação das mulheres. Um dos destaques da Conferência foi a participação das mulheres indígenas das quatro etnias que existem em Santa Rosa: Kaxinauás, Jaminawas, Kulinas e Ahanenawa. "Isso mostra o quanto as mulheres estão interessadas e preocupadas com a sua situação e querem mostrar suas necessidades. É muito importante essa participação", disse Joelda Pais, da SEPMulheres.
"A participação de todas essas mulheres tem um valor muito grande. Vivemos em um município distante, onde o acesso não é tão fácil e muitas delas vivem em aldeias, em seringais ainda como antigamente. Elas não têm noção de seus direitos. Aliás, elas nem sabem que têm direitos. Conferências que as façam discutir, falar de suas necessidades abrem a mente delas. Espero que esse seja o primeiro passo para uma mudança significativa para cada uma dessas mulheres", declarou o prefeito José Brasil.
Na ocasião, representantes das secretarias municipais de Saúde e Assistência Social apresentaram à comunidade como funciona o fluxo do atendimento às mulheres, crianças e adolescentes em situação de violência, pactuado na Oficina do Pacto Estadual de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, que a SEPMulheres e a Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) realizaram no município nos dias 18 e 19 deste mês.

Um dos grandes problemas apontados pelas mulheres indígenas foi a questão do alcoolismo entre a população masculina indígena, o que gera vários tipos de violência contra as mulheres. "É necessário que o poder público trabalhe nas aldeias e entre os indígenas da zona urbana ações para enfrentar o alcoolismo", enfatizou Pais.
Outra situação apontada pelas indígenas é o desrespeito às crianças e adolescentes indígenas em relação à vida sexual. Segundo elas, as meninas são iniciadas sexualmente a partir dos nove anos em algumas etnias, e muitas começam a engravidar a partir dos 12 anos. Como alternativa, elas apontaram a realização de ações nas aldeias que discutam com a comunidade os direitos de crianças, adolescentes e mulheres.
Na zona urbana, foi sugerido ao Centro de Referência da Assistência Social (Cras) que realize palestras sobre a Lei Maria da Penha para as mulheres do município, incluindo as indígenas. "É de fundamental importância que todas elas tenham conhecimento do que é a Lei Maria da Penha. Assim elas podem se empoderar mais. A informação é uma das principais ferramentas para evitar a violência contra a mulher", disse Maria das Dores, da SEPMulheres.

Durante todo o dia foram debatidas propostas e ações para que políticas públicas para as mulheres chegassem até Santa Rosa do Purus. No fim do encontro foram eleitas duas delegadas para participar da Conferência Estadual, em setembro, em Rio Branco: a representante das mulheres indígenas da etnia Kaxinawa e a coordenadora do Centro de Referência da Assistência Social.
"A cada conferência realizada nos tornamos mais fortes, mais unidas. É desse empoderamento que precisamos para, juntas, traçarmos as nossas propostas e levá-las a Brasília, em dezembro. Ter a participação das mulheres indígenas é extremamente rico e importante para a construção das nossas políticas públicas", finalizou a secretária da SEPMulheres Concita Maia.

OS MUNICÍPIOS  COM AS MAIORES POPULAÇÃO INDIGENA DO NOSSO BRASIL

O Município de Santa Rosa do Purus - Acre, está em 4º lugar com a maior população Indigena do Brasil.

 Foto: acima Indigenas Etnia Kaxinawá que representam a população indigena do Município de Santa Rosa do Purus. Existem 46 aldeias de 03 etnias Indigenas no Municípo de Santa Rosa do Purus, fato que deixa Santa Rosa do Purus em 4º lugar dos Municípios do Brasil com maior população Indigena.

Foto: acima Indigena Etnia Kulina, que representa a 2ª maior comunidade de povos Indigene de Santa Rosa do Purus, em 3º lugar com menor população Indigena está os povos Indigena Jaminawá.

Em 1943, o então Presidente da República do Brasil, Getúlio Vargas, instituiu o dia 19 de Abril, como o Dia do Índio no Brasil. A data foi criada para relembrar o dia 19 de Abril de 1940, quando decorreu o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, realizado no México.  O objectivo do Congresso era zelar pelos direitos dos indígenas na América.
No Brasil existem dezenas e dezenas de tribos indígenas dentre as quais citamos os Aiçanãs, os Araras-do-pará, os Caiapós, os Cocamas, os Nambiquaras, os pataxós, os Potiguaras, os Tupinambás, que integram  quatro grupos ou nações indígenas, de acordo com as suas línguas: tupis-guaranis, jê ou tapuias, nuaruaques ou maipurés e  caraíbas ou caribas.

São dez os munícipios brasileiros com maior população indígena:

1- São Gabriel da Cachoeira (AM) – 76,31% da população é indígena


2- Uiramutã (RR) – 74,41% da população é indígena

3- Normandia (RR) – 57,21% da população é indígena

4- Santa Rosa do Purus (AC) – 48,29% da população é indígena

5- Ipuaçu (SC) – 47,87% da população é indígena

6- Baía da Traição (PB) – 47,70% da população é indígena

7- Pacaraima (RR) – 47,36% da população é indígena

8- Benjamin Constant do Sul (RS) – 40,73% da população é indígena

9- São João das Missões (MG) – 40,21% da população é indígena

10- Japorã (MS) – 39,24% da população é indígena

Se nós brasileiros queremos preservar a verdadeira história do Brasil, devemos então é fazer algo pelos povos indígenas que ainda habitam o Brasil, e deixarmos de lado a questão da colonização portuguesa, isso já lá foi há mais de 300 anos; e não podemos continuar colocando a culpa nos colonizadores pela situação atual do índio do nosso país. E hoje? Quem faz algo por eles, ou pelos menos para lhe garantir direito ao território onde vivem?


terça-feira, 23 de agosto de 2011

Marinha dos EUA anuncia material explosivo cinco vezes mais forte que os atuais.

A marinha norte-americana, através do seu escritório de pesquisas navais, acaba de anunciar a conclusão de um estudo de cinco anos que resultou na criação de um material explosivo que promete ser cinco vezes mais forte do que os atuais.
De acordo com a BBC, o novo material mistura polímeros e metais de uma forma que fique mais denso e forte. Os cientistas consultados também afirmam que o material tem menor probabilidade de acertar inocentes que estejam próximos a explosão, por produzir menor fragmentação.
O segredo por trás da descoberta está na substituição da capa de aço que hoje é usada nos projéteis. Tal cobertura é importante para manter os mísseis inteiros até chegar ao alvo, mas também é responsável por diminuir o poder de destruição. O novo material é igualmente rígido, mas, ao contrário do anterior, é explosivo. A tecnologia é conhecida pela sigla HDRM ou Material Reativo de Alta-Densidade.
Porém, apesar do material ser cinco vezes mais explosivo, ele também é quatro vezes mais caro que os usados atualmente. Novos testes ainda serão realizados nas próximas semanas e, caso os projéteis com HDRM sejam aprovados, a nova composição poderá equipar desde mísseis de longo alcance a até mesmo balas de grosso calibre, como as de 7.62 mm utilizadas no fuzil AK-47 e outros.


Carro tenta subir a rampa do Palácio do Planalto em Brasília.


O motorista Alceu Luís Teixeira tentou subir a rampa do Palácio do Planalto
Barreiras de proteção impediram o progresso do veículo. Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
Um motorista tentou subir a rampa do Palácio do Planalto, em Brasília, nesta terça-feira. Antes de passar as barreiras de proteção, Alceu Luís Teixeira foi abordado por agentes do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, segundo informou a assessoria de imprensa.
No entanto, não foram divulgados os motivos que o levaram a subir a rampa com o veículo. Ainda segundo a assessoria, o motorista foi encaminhado para a Polícia Civil, órgão responsável pelas averiguações.


Eu posso sentir prazer, porque fingir orgasmo?


Ouvir sininhos tocando, ver estrelinhas, enxergar tudo azul... afinal, o que é o orgasmo? Muitas mulheres criam inúmeras fantasias a respeito. Algumas já tiveram, mas acham que não porque nunca viram as tais estrelinhas naquele momento. Poucas têm  a consciência do que ele realmente é: contrações rítmicas acompanhadas de intenso prazer. 
Na verdade, podemos dizer que o orgasmo é um evento completamente abrangente, que envolve uma série de reações em cadeia entre a mente e o corpo, entre o cérebro e os órgãos genitais. Quantas mulheres conhecem esse estado mágico? Infelizmente, um grande número delas não sabem o que ele é, simplesmente porque nunca o sentiram. E o que elas fazem, então? Fingem. Na realidade, muitas fingem durante toda a sua vida sexual. O fato é que ainda hoje a arte de atingir estados orgásticos plenamente satisfatórios permanece fora do alcance da grande maioria das mulheres.
A queixa mais frequente entre aquelas que buscam a terapia sexual é, sem dúvida alguma, a dificuldade em atingir o orgasmo. As causas  podem ser orgânicas ou psicológicas; e devem ser diagnosticadas adequadamente para melhor condução do tratamento. Portanto, a disfunção orgástica tem tratamento e solução. 
Assim sendo, as mulheres que não conseguem obter orgasmo através da penetração não são “doentes” ou “anormais”. Mas, para aquelas que desejam obtê-lo também por essa via, devem saber que isso é possível e fácil de alcançar. Existem exercícios terapêuticos, assim como posições, que facilitam a obtenção do orgasmo através da penetração vaginal. 


Na prática clínica, encontramos mulheres que nunca obtiveram orgasmo nem mesmo na masturbação. Outras, que já tiveram e hoje não têm mais. Ainda há aquelas que obtêm o gozo somente em determinadas situações ou com determinadas pessoas e com outras, não. Mas o que é extremamente comum é a queixa de não obter orgasmo por meio da penetração.

É importante esclarecer aqui que o orgasmo pode ser obtido de diversas maneiras. Aquele conceito freudiano de que existem dois tipos diferentes (o clitoridiano e o vaginal; onde o primeiro seria experimentado por mulheres imaturas e o segundo, por mulheres  maduras) já não é considerado correto. No entanto deve ser valorizado o papel do clitóris nesse processo, que pode ser  estimulado direta ou indiretamente. 

Outro aspecto importantíssimo a considerar é o estímulo inadequado e/ou insuficiente, isto é, quando o parceiro faz poucas carícias na mulher. Sabemos que as mulheres precisam de mais tempo durante o ato sexal do que os homens para atingir o orgasmo.

Muitas vezes, essa busca desenfreada pelo gozo pode impedi-lo de acontecer ou, no mínimo, fazer perder de vista algo fundamental para a relação, que é aquele clima  de intimidade, os toques suaves e prazerosos por todo corpo, enfim, o prazer de dar e receber prazer. Wilhelm Reich ,descreveu o clímax como “a habilidade de entregar-se ao fluxo de energia sexual sem inibições”. Portanto, o segredo é relaxar, é soltar-se, é se  entregar ao prazer e permitir que seu desejo e seu corpo ajam por conta própria. Portanto toda mulher tem a condição de atingir o orgasmo, mesmo aquelas que nunca o tiveram. Então, fingir por quê? 

A mulher precisa conhecer seu próprio corpo e descobrir que é fonte de seu próprio prazer. Se preciso for, existe tratamento para superar bloqueios e exercícios que a levarão não só ao orgasmo, mas à condição de desfrutar uma melhor qualidade de  vida  sexual. Ter orgasmo e prazer sexual num clima de muito amor e carinho é um direito que cabe a toda mulher. Melhor dizendo, a todo ser humano... E que, depois do orgasmo, o casal possa permanecer enlaçado, fundido e suspirante... que o  mundo possa desaparecer lá fora e só o prazer e o amor possam permanecer.





Piada do dia (Piada de Bêbado)


Dois bêbados batem um papo muito animado. Um deles que está lendo o jornal, diz ao companheiro:
- Luiz! Você viu que coisa mais interessante?

- O que é?

- Eu estou lendo aqui no jornal que um camelo pode trabalhar oito dias seguidos sem beber.

O amigo, então, responde:
- É curioso, eu sou exatamente o contrário!

- Como assim?

- Eu posso beber oito dias seguidos sem trabalhar.





Piadas de Bêbado (bêbado Inventante)


O bêbado inveterado vai ao médico, acompanhado de sua esposa.

- Qual o problema? - pergunta o médico.

- É que eu sinto náuseas, dores no corpo, estou sempre cansado...

- O senhor fuma?

- Três maços por dia!

- Aí está o problema, meu amigo! Pare de fumar imediatamente e logo voltará a ter uma saúde de ferro.

Feliz com o diagnóstico, despediu-se do médico e assim que pôs os pés na rua, a esposa perguntou-lhe:

- Que história é essa de fumar três maços por dia? Você nunca colocou um cigarro na boca!

- Eu sei, meu bem! Mas se eu dissesse que não fumava ele iria perguntar se eu bebia... aí me toca parar de beber!



Alcoolismo: Vício, Delírio e Morte




Um motorista embriagado, mesmo que se sinta lúcido, terá seus reflexos psicomotores desorganizados, por isso é um suicida e um criminoso em potencial, ainda que involuntário. O modo como o álcool afeta o comportamento humano varia de indivíduo para indivíduo. Mas pode-se saber as diferentes taxas de concentração de álcool no sangue e os efeitos que ela causa.
......No Brasil as leis de trânsito (Resolução 476 de 1974) consideram dirigir em estado de embriaguez, quando o nível de álcool no sangue (alcoolemia) for igual ou superior a 0,8g/l ou o nível de ar exalado (no bafômetro) for 0,00038g/l. 
......A porcentagem de álcool encontrada nas bebidas mais comuns são: 


cerveja (baixo teor)
0,2 a 2
cerveja (médio teor)
2 a 4,2
cerveja (alto teor)
4,2 a 7
vinho de mesa
10 a 13
champanhe
10 a 13
licores
18 a 24
compostos
12 a 20
whisky
36 a 24
conhaque
36 a 24
bagaceira
38 a 24
brandy
32 a 40
rum
40 a 41
vodka
40 a 41
gin
40 a 47
tequila
40 a 46
pina colada
24 a 22
pinga
40 a 24 ou mais

......Uma dose aproximadamente de 1 ml/kg de etanol absoluto (92 a 99% etanol) geralmente resulta em níveis no sangue de 100 a 120mg/dl. Uma concentração no sangue entre 120 a 300mg/dl já determina sinais e sintomas. 

......Veja na tabela abaixo a comparação de sintomas apresentados por bebedores esporádicos e etilistas crônicos de acordo com a variação das concentrações sangüíneas de etanol:  


Concentraçãode etanol (mg/dl)
Bebedores esporádicos
Bebedores crônicos
60
euforia
sem efeitos observados
72
gregário e falante
normalmente sem efeito
100
sem coordenação; legalmente intoxicado
sinais mínimos
122 - 120
descontrole episódico, comportamento liberado
euforia agradável ou início de incoordenação
200 - 220
perda do estado de alerta, letargia
necessidade de esforço para manter controle emocional e motor
300 - 320
topor ou coma
sonolência e letargia
mais de 200
alguns morrerão
coma

......A tabela abaixo relaciona os níveis de etanol sangüíneo e sinais e sintomas de intoxicação: 

Nível de etanol sangüíneo
Nível de intoxicação
20mg/dl
leve: diminuição da inibição, leve incoordenação
100mg/dl
leve-moderação: diminuição das reações, alteração das habilidades sensoriais, inabilitado para dirigir
120mg/dl
intoxicação legal: alteração da personalidade, mudança de comportamento
200mg/dl
intoxicação moderada: náusea, vômito, confusão mental, andar cambaleante
300mg/dl
intoxicação moderada - severa: fala arrastada, diminuição sensorial, distúrbios visuais
400mg/dl
severa: hipotermia, hipoglicemia, perda do controle muscular, perda da memória, convulsões
700mg/dl
potencialmente letal: inconsciência, diminuição dos reflexos, falência respiratória, morte

......Portanto, não há nenhuma vantagem em beber e dirigir: isso não prova a habilidade de ninguém, pode apenas comprovar a ignorância sobre os efeitos do álcool no organismo. Como os centros cerebrais do julgamento lógico são os primeiros a serem afetados pelas bebidas, uma pessoa que bebe quase sempre pensa estar agindo mais sobriamente do que na realidade está. 
A Famosa Ressaca 
......A palavra ressaca é usada para descrever diferentes efeitos posteriores da ingestão de bebidas alcoólicas. O mais comum deles é a dor de cabeça. A maioria das dores de cabeça de ressaca é talvez causada pelo abuso de fumo que geralmente acompanha as noitadas alegres e pelo fato de que os locais em que se bebe são freqüentemente pouco ventilados e cheios de fumaça. 
......O segundo componente de uma ressaca é o enjôo, o estômago embrulhado. Sua causa é a irritação do revestimento do estômago provocada pelo álcool. Esse efeito pode reduzido se a pessoa come durante ou antes de começar a beber. Os alimentos apenas diluem as bebidas, tornando-as menos irritantes para o estômago, como também atrasam a absorção do álcool na corrente sangüínea. 
Mas, quase sempre, uma ressaca é uma combinação de dor de cabeça, náuseas, tontura, letargia (sono profundo) e sensação de estar boiando a uns 12 centímetros do solo. A maioria desses sintomas resulta da desidratação. 
......O corpo torna-se desidratado depois de uma bebedeira porque o álcool é diurético: estimula os rins a filtrarem a água do sangue.......Assim, uma pessoa que bebe elimina mais água na urina do que a quantidade que ingere. Se uma pessoa toma 3 litros de cerveja durante uma noite, ela urina mais de 3 litros de água. Na manhã seguinte seu corpo estará desidratado e o engrossamento do fluido sangüíneo terá ampliado a concentração de vários sais minerais. 
......Para preveni-los o melhor meio é tomar um litro de água antes de ir para a cama, tomar um remédio para dor de cabeça - de preferência numa forma solúvel para não irritar o estômago. Também ajuda a ingestão de vitamina C, de sucos de tomate ou limonadas, de ostras com limão, etc.. 
As Conseqüências Drásticas do Alcoolismo 
......Os principais sintomas do alcoolismo são a deterioração psicológica e física do viciado. À medida que a deterioração psicológica avança, o indivíduo vai perdendo sua capacidade mental, torna-se descuidado e impontual e não pode concentrar-se suficientemente para terminar um trabalho que não gosta de fazer. 
......A deterioração física freqüentemente começa por tornar gordo e flácido o alcoólatra, mas, nos últimos estágios da doença, ele pode perder peso rapidamente, devido à subnutrição e dos efeitos do álcool no fígado. Quanto mais álcool é ingerido, mais irritado se torna o revestimento do estômago e dos intestinos, as células do fígado morrem e são substituídas por um tecido fibroso (cirrose hepática), e a nutrição inadequada pode afetar os músculos cardíacos e os nervos dos braços e pernas. Além disso, como sua resistência orgânica é enfraquecida pelo álcool, os alcoólatras tendem à pneumonia e à tuberculose e a qualquer outro tipo de infecção. 
......Talvez o mais conhecido dos sintomas do alcoolismo seja odelirium tremens - uma série de alterações agudas e subagudas que ocorrem nos alcoólatras crônicos. Começa com agitação e insônia e se desenvolve em delírio depois de um ou dois dias. Seus sinais mais terríveis são as alucinações que freqüentemente tomam a forma de animais, dos quais a vítima tenta fugir. 
......O único tratamento realmente efetivo para o alcoolismo é fazer com que o viciado deixe de beber. Os métodos clínicos incluem drogas que, quando ingeridas, provocam no viciado aversão ao álcool. Mas o sucesso dos tratamentos depende muito da decisão do alcoólatra em deixar o vício. Unicamente uma questão de força de vontade que médicos clínicos e psiquiatras podem ajudar.