sexta-feira, 15 de julho de 2011

Padre Paolino retorna a Sena Madureira, depois de 34 dias de desobriga no Rio Purus




O Padre Paulino chegou retornou de mais uma desobriga realizada no Rio Purus, a viagem começou no início do mês de junho e durou 34 dias. O início da desobriga foi na cidade de Santa Rosa do Purus. Paolino e sua equipe visitaram 28 comunidades entre brancos e aldeias indígenas, levando a comunidade ribeirinha, celebração de missas, catecismos, atendimento de saúde e com já é tradição a dança do Marirí entre os índios.

A desobrigas foi realizada em 28 comunidades com 135 batizados e mais de mil consultas pelo Padre Paulinho, considerado o médico da floresta. O Padre Paulino estava acompanhado do sei fiel escudeiro Fidelis Amorim e dos irmãos Marcelo (CMT do Barco) e Fábio Cruz (motorista).
A equipe do Padre paulino chegou a Sena Madureira esta semana da desobriga realizada no Rio Purus, a viagem durou 34 dias.
Há mais de 60 anos ele percorre rios, varadouros e os igarapés mais distantes do Acre para levar solidariedade e esperança aos que menos tem com a tradicional desobriga. Ele sua equipe saíram de barco no dia 06 de junho do porto de Sena Madureira Até santa Rosa do Purus, de lá irão visitar todas as comunidades do Purus, com previsão de chegada a Sena Madureira no dia 08 de julho.
Acompanhado o padre paulino está o seu fiel companheiro Fideles Amorim e os Irmãos Marcelo (CMT do Barco)e Fábio Cruz (motorista). Eles estão hoje em Santa Rosa do Purus participando da festa de Santo Antonio, hoje a noite tem missa e arraial e amanhã o médico da floresta vai fazer as consultas e depois seguem para a comunidade Canamaris.

Ele é italiano da nascimento e acreano de coração e esta dedicando uma vida inteira à causa acreana e mundial. Em 1963, Padre Paolino chegou a Sena Madureira e até os dias de hoje, além do serviço religioso, tem lutado incansavelmente pelas causas dos pobres e menos favorecidos, assim como também pelo maior bem que o povo, não só do Acre, como do Brasil e do Mundo tem, a Floresta

Nenhum comentário:

Postar um comentário