terça-feira, 10 de agosto de 2010

Campanha da FPA cresce em todo o Acre

Tião, Jorge e Edvaldo participaram de atos em Rio Branco, Manuel Urbano, Santa Rosa, Jordão e CZS em apenas um dia

O último dia 6 de Agosto, data do início da Revolução Acreana, serviu também para revelar o ritmo da campanha de Tião Viana ao governo e de Jorge Viana e de Edvaldo Magalhães às duas vagas ao Senado pelo Acre. Os candidatos majoritários da Frente Popular do Acre (FPA) amanheceram o 6 de Agosto em visita ao local onde há 108 anos o libertador José Plácido de Castro foi alvejado a tiros, e encerraram dia do outro lado do Acre, em Cruzeiro do Sul, no Vale do Juruá, onde foi inaugurado o comitê central da campanha na região.
Manuel Urbano, Santa Rosa do Purus e Jordão, os menores e mais isolados municípios do Acre, receberam os candidatos em festa para prosseguimento dos debates sobre o Plano de Governo para mais um mandato da FPA. Em todas as localidades, Tião Viana revelou o que pretende fazer como governador para ajudar no desenvolvimento dos municípios isolados. Além de pavimentação em tijolos de todas as ruas dos municípios, revelou que um outro item será a implantação de um forte programa de merenda regionalizada. “A merenda a ser consumida nas escolas tem que sair da produção dos próprios municípios”, disse.
Na visita ao local onde Plácido de Castro foi assassinado, Tião, Jorge e Edvaldo se fizeram acompanhar de historiadores e outros interessados na história da Revolução Acreana, como o governador Binho Marques e o ex-deputado federal Wildy Viana.
Aproveitando o feriado, o governador vestiu-se de militante petista e caiu em campo em defesa de seus candidatos. Para ele, o diferencial da FPA em relação a seus adversários é olhar o futuro sem esquecer o passado. “Pensar o futuro sem olhar o passado é não reconhecer o sacrifícios de Plácido de Castro”, disse o governador-militante.
Vitória também no Juruá! - Em Cruzeiro do Sul, o que deveria ser a abertura de um endereço político na segunda maior cidade do Acre, acabou por se transformar no primeiro grande comício da atual campanha no Juruá. O ato contou inclusive com a adesão do deputado federal Ilderlei Cordeiro, que subiu ao palanque para anunciar que estava rompendo com seu partido, o PSDB, e com os antigos aliados, por reconhecer que o projeto da Frente Popular é o melhor para o Acre.
Jorge e Edvaldo, os candidatos às duas vagas ao Senado, anunciaram que a campanha de Dilma Roussef à Presidência também começa a embalar no Acre, principalmente no Juruá, onde a vitória da Frente Popular será completa dia 3 de outubro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário